Terça-feira, 1 de Abril de 2008

Vulto de Lisboa



Esta Senhora é uma Sem Abrigo. Costumava dormir numa das arcadas perto da estação de Sta Apólonia. Um dia, enquanto dormia, alguém lhe deixou um saco. Ao acordar deu conta do novo volume. Abriu-o e retirou um enorme lenço. Sorriu para os presentes como uma criança. Ajeitou os cobertores num canto, arrumou outros pertences na mochila e colocou o lenço na cabeça.
De cabeça erguida foi para chuva...como se o lenço novo iria protege-la das gotas de água e, quem sabe, do mundo.

fotografado por Mia às 01:15
| comentar
10 comentários:
De Nómada a 1 de Abril de 2008 às 06:08
Muito bom.
Muito sentiido.
Gostei. Quem não gosta de receber um presente como uma criança?

Beijinhos


De Mia a 3 de Abril de 2008 às 12:58
É mesmo isso que acabaste de dizer... quem não gosta de receber um presente? Coisas que para nós são banais, para os outros...aqueles que nada têm... são pequenos tesouros!
Bjokinhas e obrigada :))


Comentar post

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 128 seguidores

.pesquisar

 

.Novembro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


.posts recentes

. Hoje, "apanhei" borboleta...

. uiiii... que corajoso!!

. suri-suri-cata

. Pose Altiva

. Janela atlantica

. A ultima escalada

. Guardião

. um-i-seti

. A toalha

. entre o céu e a areia

. uma estrela caiu no mar

. ups, já meti água

. Um dia... se lá chegar

. Vida de cão

. os tres remos

. Reflexos de um astro

. Hoje já não faço mais nad...

. O aceno

. 24 horas

. labuta em amarelo

.arquivos

. Novembro 2009

. Maio 2009

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

.tags

. todas as tags

SAPO Blogs

.subscrever feeds